Prefeitura de Tremembé inaugura unidade do SAMU

O prefeito municipal Marcelo Vaqueli acompanhado do Chefe de Gabinete e Secretário de Saúde José Márcio Araujo Guimarães, entregou na tarde desta quinta-feira (24), uma unidade do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) a População de Tremembé. A base da unidade ficará na Avenida da Saudade.

A ambulância de suporte básico, possui além de material de insumo, medicações como: glicose, prancha para imobilização, colares cervicais, cilindros de oxigênio, material de parto, talas de imobilização e ressuscitador manual, aspirador, oximetro, glicosimetro. A equipe é composta por condutor, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Vaqueli ressaltou a importância que terá o SAMU na cidade. “Tomara que ninguém precise, mas se precisar, o SAMU estará aqui para atender a população, de uma forma rápida e segura na necessidade e na precisão” finalizou.

Como funciona o SAMU 192?
O SAMU 192 funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde como enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores de veículos de emergência que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.
Diante de qualquer situação de urgência e emergência ocorrida em residências, locais de trabalho e vias públicas basta ligar gratuitamente para o número 192. A ligação será atendida por profissionais capacitados que identificam a emergência e imediatamente transferem a ligação para um médico regulador.
Esse profissional médico faz o diagnóstico da situação iniciando o atendimento médico através de orientações imediatas ao paciente ou a pessoa que fez a chamada e define o destino do paciente de acordo com cada caso através do envio de uma ambulância de suporte básico de vida, com um técnico de enfermagem e condutor. Com poder de autoridade sanitária, o médico regulador comunica a urgência ou emergência aos hospitais de referência para continuidade do atendimento.

Trote
Infelizmente, o SAMU em algumas cidades passa por um antigo e conhecido problema dos órgãos de segurança: os trotes. Esta brincadeira de péssimo gosto tem aumentado nos últimos anos. Antigamente as pessoas que tinham este tipo de atitude ficavam impunes porque dificilmente eram identificadas, porém hoje temos identificadores de chamada em todos os telefones do SAMU 192.
“Pedimos para que não passem trotes. Isso pode colocar vidas em risco e não é isso que queremos”. – explicou o Secretário de Saúde José Márcio Araujo Guimarães.

Diferenças entre SAMU 192 e Bombeiro:
A diferença básica refere-se ao atendimento médico propriamente dito. Isto é, cabe ao SAMU enquanto instituição médica, regular, presumir gravidade tanto nas urgências por causas externas como nas clínicas, realizar atendimento ainda em sua fase pré-hospitalar, garantir transporte medicalizado até uma unidade médico-hospitalar mais adequada para cada caso.

O Corpo de Bombeiros participa, também, na assistência pré-hospitalar, imobilização e remoção de vítimas, como também assegurando total apoio naquelas situações em que ocorra perigo para a vítima e equipe médica pré-hospitalar como, por exemplo: vítimas presas em ferragens de automóveis, em caso de incêndios, desabamentos e em todas aquelas situações onde se fazem necessário à presença multidisciplinar no atendimento pré-hospitalar.

Cabe ao corpo de Bombeiros coordenar e executar as ações de defesa civil, prevenção e combate a incêndio, perícias de incêndio e explosão em locais de sinistro, busca e salvamento; coordenar a elaboração de normas relativas à segurança das pessoas e dos seus bens contra incêndios e pânico e outras previstas em lei; exercer a supervisão das atividades dos órgãos e das entidades civis que atuam em sua área de competência; aprimorar os recursos humanos, melhorar os recursos materiais e buscar novas técnicas e táticas que propiciem segurança à população.

20161124_140854 20161124_152424 20161124_152433 20161124_152527 20161124_153853

 

Notícias Relacionadas

Mais recentes