Tremembé recebe escultura do Paraphysornis brasiliensis da artista plástica Camila Takeuchi.

Na manhã de hoje, 03 de novembro, a artista plástica Camila Takeuchi, presenteou a nossa cidade com linda escultura do Paraphysornis brasiliensis, o fóssil mais importante já descoberto na região sudeste e que foi encontrado aqui em Tremembé na década de 1980. O animal, já extinto, viveu em nossas terras há mais de 20 milhões de anos.

O professor João Marcos Tourinho, responsável pela curadoria do Museu, foi o responsável pela interlocução com a artista e quem recebeu a obra das mãos de Camila. “Muito feliz em participar deste momento que valoriza ainda mais a história e a cultura da nossa cidade. Com certeza essa escultura irá contribuir com a educação e o turismo de Tremembé”, disse ele na ocasião.

A obra foi produzida de forma artesanal e sustentável, com a base de madeira MDF, estruturada com arame, papel alumínio, materiais recicláveis e gesso. Foi moldada com a mistura de diversos materiais como: cerâmica fria, biscuit, massa acrílica e papel marchê. A pintura foi feita com tinta acrílica PVA, betume e resina acrílica a base de água.

Quer visitar ?

A escultura do Paraphysornis Brasiliensis está disponível para visitação no Museu Histórico e Cultural Laurindo de Paula de Tremembé.

Segunda a sexta : 08h às 17h, e aos sábados das 8h às 12h.

Sobre a artista

Camila Takeuchi é ceramista e artista visual, nasceu no Rio de Janeiro e atualmente reside em Tremembé, e a sua formação é me licenciatura curta em Educação Artística.
Quer conhecer mais o trabalho da artista? Da uma olhadinha no perfil dela no instagram @take_arteceramica

Notícias Relacionadas

Mais recentes